Mensagem do Diretor

O Departamento de Geociências da Universidade de Évora (DGEO) é constituído por vinte e sete docentes e investigadores, dois técnicos de laboratório e dois auxiliares administrativos. Para além das funções inerentes à condição de funcionários da Universidade de Évora, vários membros do DGEO ocupam cargos relevantes onde o mérito académico, científico e profissional é reconhecido. Destacamos a Vice-Reitoria da Universidade de Évora, a Presidência da Sociedade Geológica de Portugal, a Presidência da Associação Internacional de Hidrogeólogos, a Direção da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental, a Direção Executiva do Cluster dos Recursos Minerais de Portugal, a Direção do Centro de Ciência Viva de Estremoz, a Direção da Sociedade Portuguesa de Ciências do Solo, Vice-Diretor da Escola de Ciências e Tecnologia da UÉ, membro da Direção do Laboratório Hércules, membro da Direção do Instituto de Ciências da Terra, a Direção do Laboratório de Química de Solos, a Direção do Laboratório Ambiterra e Delegada Adjunta da Delegação Distrital da Ordem dos Engenheiros de Évora, entre outros.

O DGEO tem por missão assegurar as atividades de ensino que lhe estão confiadas, apoiar as atividades de investigação e desenvolvimento dos seus docentes e investigadores, fomentar atividades de ligação à comunidade, como prestações de serviços, cooperação e divulgação científica.

Desde 1976, com o início em funcionamento da Licenciatura em Ensino da Biologia e Geologia, que o DGEO têm assegurado a coordenação de várias licenciaturas (Engenharia dos Recursos Geológicos, Engenharia Geológica, Engenharia dos Recursos Hídricos, Ciências da Terra e da Atmosfera, Geografia e Geologia) e mestrados (Engenharia Geológica, Paleontologia (em associação com a FCT/UNL), Ciências da Terra Atmosfera e do Espaço (em associação com o Departamento de Física da Universidade de Évora) além de colaborar com outros Departamentos da Universidade de Évora em cursos do 1º ao 3º ciclo por eles tutelados. A oferta atual consiste nas licenciaturas em Geologia e Geografia e nos Mestrados em Engenharia Geológica, Ciências e Tecnologia da Terra, da Atmosfera e do Espaço e Paleontologia.

Os projetos atualmente em curso, coordenados na Universidade de Évora por membros do DGEO representam um investimento total, associado à universidade, superior a seis milhões de euros. A prospeção, inventariação, caracterização, processamento e caracterização de recursos geológicos, metálicos e não metálicos correspondem à maior parte do investimento. Destes destacam-se ainda os projetos dedicados às Rochas Ornamentais com a particularidade de terem empresas como promotores principais.

Nos últimos anos, a atividade científica dos membros do departamento tem-se multiplicado havendo mais de duas centenas de publicações referenciadas nas principais bases de dados indexadas internacionais.

A prestação de Serviços à Comunidade, mais do que uma missão é uma obrigação a que o DGEO tem respondido sempre que solicitado. Consultadoria em geotecnia de vias de comunicação, estudos geotécnicos para a instalação de infraestruturas, prospeção de recursos geológicos, caracterização de propriedades mecânicas e petrografia de rochas ornamentais, são alguns exemplos destes serviços.